Los Sebosos Postizos – Los Sebosos Postizos Interpretam Jorge Ben Jor (2012)

“Eu sou da jovem samba
A minha linha é de bamba”

E inegável que o Jorge Ben é de longe uma das figuras musicais mais importantes no Brasil. É impossível ouvir música dessa terra sem achar alguma referência ou influência dele. Na minha opinião, Jorge Ben é o que tivemos de mais relevante nos anos 70 na minha opinião, mas, como não quero cair em discussão, bola que segue… Por conta dessa grande importância é comum hora sim e outra também surgir homenagens ao mestre e é de uma dessas que vou falar hoje: Los Sebosos Postizos. Na verdade, é Nação Zumbi

Há mais de 10 anos, o pessoal da Nação Zumbi – mais precisamente o Jorge Du Peixe (vocal), o Pupillo (bateria e percurssão), o Dengue (baixo) e o Lúcio Maia (guitarra) – se reúnem para fazer um show chamado Noites do Ben sob a alcunha de Los Sebosos Postizos. Nesses shows não tínhamos covers, mas sim versões e reinvenções das músicas de Jorge Ben. Depois de tanto tempo sem registros oficiais – eu tenho a gravação de um show em São Paulo, eu acho – finalmente lançaram um disco apresentando essas versões já trabalhadas no show. Então, do Noites do Ben nasceu o disco Los Sebosos Postizos Interpretam Jorge Ben Jor.

Los Sebosos Postizos - Los Sebosos Postizos Interpretam Jorge Ben Jor 

O disco, assim como o show, trata somente as músicas da fase inicial da carreira do mestre indo até, no máximo o disco África Brasil, de 1976. O que isso quer dizer? Bem, quer dizer que tem muitas músicas lado B que o Jorge Ben não toca mais nos shows, onde toca em maioria músicas do repertório dos anos 80 e 90. Então, se você não gosta do que é mais farofa dele, vale a pena ouvir o disco para perceber que ele nem sempre foi só “sou Flamengo e tenho uma nega chamada Tereza”.

O disco é ainda mais “radical” quanto a esse corte temporal. As músicas vão no máximo até o lendário A Tábua de Esmeralda de 1974, diferente do show. Faz até um certo sentido limitar o disco dessa maneira por dois motivos. O primeiro é porque esse foi o último disco em que Jorge Ben se apresentou tocando violão. Da tábua para frente ele passou a utilizar guitarra em todas as suas gravações. O limite faz sentido também porque esse disco era um dos que ficavam nas cabiceiras de Recife durange o manguebeat, movimento que tem a Nação Zumbi como um dos criadores.

Nesse registro podemos encontrar versões bem comportadas que respeitam a harmonia das canções originais. Isso fica bem nítido em Os Alquimistas Estão Chegando, Frases e A Jovem Samba. Mas, além dessas versões, existem extrapolações do original gerando músicas bem diferentes e com muita cara da Nação Zumbi mesmo, principalmente por conta da guitarra do Lúcio Maia. Representantes desse segundo grupo podem ser Cinto Minutos, Rosa, Menina Rosa e O Homem Da Grava Florida que dá pra ouvir aí embaixo:

Dá pra ver bastante a construção do disco pela influência do Lúcio Maia mesmo. E foi legal perceber uns trompetes muito bem colocados em algumas músicas e sacar na hora que era a participação do Guizado, que já está precisando de um post por aqui também. O único ponto baixo do disco foi a ausência de algumas músicas que estavam presentes no repertório do show com versões também diferentes das originais como era o caso de Comanche e Zumbi.

É interessante notar que em Pernambuco existe um movimento interessante de bandas homenageando suas influências. O Los Sebosos Postizos é um caso, mas podemos levantar também a banda Seu Chico que é composta pelo pessoal do Mula Manca & A Fabulosa Figura com o Vitor Araújo (que falei no último post) nos pianos e tem no seu repertório somente canções de Chico Buarque. Outra com a mesma pegada é a Del Rey que é formada pelo Mombojó e o China nos vocais e tocam a jovem guarda e, principalmente, o rei Roberto Carlos.

Do mais, se você gosta de Jorge Ben vale a pena ouvir o disco. Se você gosta de Nação Zumbi vale a pena ouvir o disco. Se você não gosta de nenhum dos dois, acho que ainda assim vale a pena ouvir o disco para descobrir um lado mais desconhecido do Jorge Ben e também para perceber como a Nação Zumbi ainda tem um poder de criação e adaptação musical incrível! Espero que gostem e até a próxima!

Não se esqueçam de nos seguir no Twitter, curtir nossa página no Facebook e curtir esse post também =)

Los Sebosos Postizos – Los Sebosos Postizos Interpretam Jorge Ben Jor (2012)

 

Ouça no Grooveshark!

01 – Vou Andando
02 – A Jovem Samba
03 – Quero Esquecer Você
04 – Cinco Minutos (5 Minutos)
05 – Descalço No Parque
06 – O Telefone Tocou Novamente
07 – Lalari – Olalá
08 – O Homem Da Gravata Florida
09 – Os Alquimistas Estão Chegando Os Alquimistas
10 – A Tamba
11 – Frases
12 – Toda Colorida
13 – Minha Teimosia, Uma Arma Pra Te Conquistar
14 – Rosa, Menina Rosa

Download

Uma consideração sobre “Los Sebosos Postizos – Los Sebosos Postizos Interpretam Jorge Ben Jor (2012)”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s