Arquivo da categoria: Dukão

Riot Fest Chicago (2014) – Parte 2 – Gogol Bordello e Offspring

 riotfestlogo

Gogol Bordello é uma das bandas mais interessantes que tem por aí. Tem violino e acordeão, músicas cantadas em inglês, ucraniano, espanhol e português, 8 integrantes que dominam completamente o palco e uma mistura absurda de nacionalidades. Tem Ucrânia, Equador, Rússia, Etiópia, China e mais alguns outros! Isso faz com o que o som deles seja bem diferente de tudo. E o show é sempre incrível, mas o tempo ainda estava horroroso.

De onde eu estava, bem lá atrás na platéia, eu via que as pessoas estavam gostando do show, mas não dava pra se animar muito. Tava muito frio e molhado pra dançar, então bater os pés no chão (na lama) era o máximo que dava pra fazer. As mãos só saíam do bolso pra bater palma entre as músicas. Merecidas, porque em cima do palco, o pessoal tava muito mais animado. O show estava sendo ótimo como sempre.

Continuar lendo Riot Fest Chicago (2014) – Parte 2 – Gogol Bordello e Offspring

Riot Fest Chicago (2014) – Parte 1 – NOFX

Riot-Fest-2014_logo

Na minha adolescência anarco-punk-sindicalista-poser, as minhas bandas preferidas eram Pennywise e Offspring. E o Smash, segundo disco do Offspring, era o meu álbum favorito. Quando eu descobri que a banda estaria fazendo uma turnê especial de 20 anos do Smash e que iriam tocar o disco inteiro, eu decidi que assistiria um dos shows. Só faltava escolher o lugar. E, nas minhas pesquisas, eu descobri o Riot Fest. Segue abaixo o modesto lineup da edição deste ano.

riotfest_lineup

 

O lineup já tinha me impressionado o bastante para querer ir, só que, além disso, esta seria a edição especial de aniversário de 10 anos do festival. E, para comemorar, além do Offspring tocando Smash, outras 9 bandas tocariam na íntegra os seus álbuns mais icônicos. Sendo estes:

The Offspring – Smash
Descendents – Milo Goes to College
NOFX – Punk in Drublic
Weezer – The Blue Album
Slayer – Reign in Blood
Jane’s Addiction – Nothing’s Shocking
Cheap Trick – Heaven Tonight
Samhain – Initium
Naked Raygun – Throb Throb
The Get Up Kids – Something to Write Home About

Simplesmente absurdo. Comprei o ingresso, comprei as passagens e fui pra terra de Al Capone.

Continuar lendo Riot Fest Chicago (2014) – Parte 1 – NOFX

Francisco, el Hombre – Nudez (2013)

francisco-el-hombre-ep_cover

Eu nunca tinha ouvido falar de Francisco, el Hombre antes deles abrirem um show do Medulla aqui no Rio. Entrei no lugar onde seria o show e eles já tinham começado. Era uma sala pequena, com um tapete no lugar onde teria o palco e umas 50 pessoas sentadas no chão assistindo. Uma moça e três caras tocando. Dois violões e uma guitarra. Músicas em Português, Espanhol e Inglês. O som deles, não sei direito descrever. Algo perto de “rock latino, porém em inglês às vezes, quase acústico”? Não sei, mas o show foi incrível.

Continuar lendo Francisco, el Hombre – Nudez (2013)

Lançamento: Kao and the Mind Melt – Galaxy EP (2014)

kaoandthemindmelt_galaxy_cover

Primeiro lançamento no Garimpo! E, por coincidência, tem bastante a ver com o que eu vinha falando nos últimos posts: fuzz e psicodelia. Nascida no Rio de Janeiro, Kao and the Mind Melt lança hoje o seu primeiro EP.

Galaxy consiste das três músicas que já estavam disponíveis no SoundCloud e uma introdução e um encerramento instrumentais meio “espaciais”, que combinam perfeitamente com o nome e com a capa do EP, que não consegui entender muito bem, mas que também remete a ficção científica.

Com o EP pronto, a banda pretende lançar mês que vem o clipe de uma música inédita e os shows devem começar logo em seguida.

Ouvir: Bandcamp

  1. Let Then Go
  2. Galaxy
  3. Maybe the Bunny
  4. Throat Punch
  5. Triangle

Contato: Facebook | Soundcloud

Truckfighters – Phi (2007)

truckfighers Phi album cover

Truckfighters é como se fosse uma carreta viajando a toda velocidade numa estrada desértica. Aparentemente, tudo é seco, grave e pesado. Em alguns momentos, o som é tão denso quanto um atropelamento. Então, quando você já está quase tendo uma overdose de fuzz: um oásis. As guitarras sossegam, começa uma melodia bonita e reconfortante como se te dissesse: “calma, vai ficar tudo bem.” Isso acontece durante todo o disco. E é bom de verdade. Hoje, ofereço a vocês, direto do “deserto sueco”, mais uma dose de Stoner Rock.

Continuar lendo Truckfighters – Phi (2007)